CONSTRUÇÃO DA UNIDADE II – G.O.A.S.


Cronograma

DESCRIÇÃO DO PROJETO:


Visto que a área de atuação do GOAS é muito carente, temos o objetivo de construir um prédio com dois andares, sendo que no térreo teremos um espaço para promover as festas comemorativas para as crianças, os bazares de roupas e objetos e a coleta da reciclagem. No primeiro andar terá salas para promover atividades culturais e oficinas profissionalizantes, para crianças, jovens, adultos da comunidade local e também para os assistidos da casa de apoio. Pois nessa região não existe nenhum trabalho voltado para esse público. E no segundo andar serão oferecido vagas para homens maiores de 18 anos dependente químico com sorologia positiva para o HIV/ Aids, para que eles consiga a abstinência das drogas e assim adesão ao tratamento do HIV/Aids, e também busque a Reinserção Social, a importância fundamental é que o residente entenda que é preciso aprender a refletir sobre suas atitudes e comportamentos diante das situações que o cercam no trabalho, no relacionamento com o grupo, nos sentimentos e emoções gerados pelas diversas relações de conflito e aproximação; na distinção entre planos e projetos, esperanças, expectativas e sonhos imaturos; deveres consigo mesmo, família e com a Sociedade como um todo.


PUBLICO ALVO:

População carente local que envolve as crianças, os jovens, os adultos e os assistidos da Casa de Apoio.


OBJETIVOS DO PROJETO:

A. Reestruturação Organizacional, B. Especificação da construção da Unidade II e C. Definição das ações sociais de interesse da comunidade.


METAS:

1. Inicio da construção em abril de 2008. 2. Termino da construção até 2012. 3. Aumentar em 100% o número de beneficiários da Casa de Apoio até 2013 e obter um índice de 70% de eficácia do tratamento (3 meses), de 50 % (6 meses) e 25% (9 meses). 4. Criar oficinas com capacidade para atender até 1200 beneficiários/mês na comunidade em 2013.


INDICADORES DE RESULTADO:

Usaremos como indicadores de resultado os seguintes critérios: o grau de aproveitamento da capacitação dos profissionais e voluntários, através do novo organograma; a construção da Unidade II dentro do prazo e orçamento previsto; o percentual de parceiros potenciais e efetivos; a efetivação das oficinas priorizadas e após 12 meses da implantação, avaliar a capacidade de atendimento. A eficácia do resultado da Casa de Apoio será avaliada tendo como indicadores a adesão ao tratamento de HIV/Aids e dependência química juntamente com o trabalho voluntário.


SUSTENTABILIDADE:

Para garantir a sustentabilidade do projeto será feito campanhas pontuais e extraordinárias de captação de recursos. Garantir a parceria dos patrocinadores por etapa. E a sustentabilidade após a implementação do projeto, será garantida através de bazares, reciclagem, trabalhos artesanais (trabalho voluntário). Outra forma de garantir a manutenção da unidade II, será através de parcerias com o primeiro e segundo setor.


Rua Sebastião Thiago Guilherme, n° 72 - Parque Imperial Barueri/Osasco SP Fone: 3696-2264 - 4195-2129